23 de nov de 2010

Imparabilíssimo



Eu não paro!
Caí, torci o pé, mas não parei...                                                 
Nunca paro.
Continuo petulante.
Realizo sempre o... (?)... Não sei o que realizo, mas faço
Cumpro com um propósito megalomaníaco, vazio de projetos,
Quando decidem que eu mude de direção,
Eu não paro. Mudo, mudo.
Mesmo quando, para mim,
Não existe nenhuma melhora
Ainda sim, eu não paro.
...
Por que se parasse eu pensava
E se pensássemos
Ai é que vocês parariam mesmo.


Twitter analfabético ( Tem menos erro de português que o twitter da mulher-pera )

7 comentários:

  1. muito bom o texto, realmente não se deve parar (se no caso for com o intuito de alcançar algum objetivo).

    Abraços ;***

    http://MaisQueIndelevel.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. A grande proposta do post é o movimento.

    Excelente post que traz uma grande reflexão.
    Abração grande do amigo "Calcanhar".

    ResponderExcluir
  3. Gostei do texto parar nunca é o caminho certo, retribuindo a visita

    ResponderExcluir
  4. ás vezes dá uma vontadezinha de parar tudo, de nao continuar mais, mas sempre tem alguem pra nos dar uma forcinha. =)
    mt bom o blog

    ResponderExcluir
  5. Parei e me fud*...

    Beijo, poeta!

    ResponderExcluir
  6. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  7. As vezes da vontade de pedir pra descer né Larissa..
    Mas a terra continua girando..não para

    ResponderExcluir